Tecnologia

Data center do Google na Finlândia utiliza água do mar para se resfriar

9 de fevereiro de 2012   ·   Postado por   ·   Comentários desativados em

Data center do Google na Finlândia utiliza água do mar para se resfriar

  ·   Categoria Tecnologia

Quem trabalha com gestão de TI sabe que um dos maiores problemas enfrentados pelas empresas é o alto consumo de energia dos data centers. Imagine um serviço que armazene e processe uma quantidade colossal de dados todos os dias, como o Facebook, o total de gastos apenas para esfriar os servidores e mantê-los trabalhando.

Uma das alternativas encontradas por companhias desse porte é alocar data centers inteiros para localidades frias e mórbidas do globo. Para dar conta de seus 800 milhões de usuários, o Facebook instalou um parque nas proximidades do oceano ártico. O governo norueguês construiu outro em uma caverna gelada. Já o Google resolveu investir em uma fábrica de papel abandonada na Finlândia.
A companhia adquiriu o terreno em 2009 por aproximadamente US$ 52 milhões. A infra-estrutura do local inclui com um túnel subterrâneo utilizado para puxar água do golfo da Finlândia, que agora pode ser utilizado para arrefecer os servidores da gigante da internet.
A água utilizada é misturada com mais água fria antes de ser devolvida à natureza. A medida visa prevenir alterações na temperatura do golfo, o que poderia afetar a fauna e flora locais.

Fonte.

© 2017 - Dividata Processamento de Dados - Todos os direitos reservados.